19 3232-0609 / 3237-1622

  • WhatsApp

    (19) 99279-0871
  • Av. Orosimbo Maia nº 430

    Conjunto 516 Campinas-SP
  • Seg - Sexta

    08.00 às 18.00

 

Apesar do nome estranho, a doença que também é chamada de síndrome do canal cárpico afeta cerca de 75 milhões de pessoas em todo o mundo. Somente no Brasil todos os anos são registrados mais de 150 mil casos.

A Síndrome do túnel de carpo é uma neuropatia que caracteriza-se pela compressão do nervo mediano no canal do carpo, estrutura anatômica que se localiza entre a mão e o antebraço. Além do nervo mediano (responsável pela sensibilidade em grande parte da mão), nove tendões flexores estendem-se do antebraço até a mão através desse espaço denominado túnel do carpo. Quando existe um edema nesse canal, o nervo meridiano é comprimido, provocando assim a síndrome do túnel do carpo.

Sintomas

Geralmente, os sintomas iniciam bem leves, com dores e dormência fracas e esporádicas. Entre os principais sinais estão a parestesia, formigamento e dormência nas mãos que costumam ser mais intensas à noite. Em alguns casos, as dores causadas por essa doença podem se estender até o cotovelo.

A síndrome do túnel do carpo também dificulta a manipulação de objetos pequenos e a execução de tarefas simples como segurar uma xícara, pregar um botão, enfiar uma agulha ou ainda digitar em um computador.

Causas

Um das principais causas da doença é Lesão por Esforço Repetitivo (LER), muito comum em pessoas que desenvolvem atividades que exigem movimentos repetitivos, como costureiras, digitadores, pessoas que trabalham muito tempo no computador e músicos.

Porém, a síndrome do túnel do carpo também pode ter origem em traumas causados por uma queda ou fratura, alterações hormonais, como a doença da tireoide, diabetes e menopausa, e ainda em casos de inflamações nas articulações como a artrite reumatoide.

Diagnóstico

Dois testes simples feitos em um consultório clínico podem diagnosticar a síndrome do túnel do carpo: o teste de Phalen e o teste de Tinel

No teste de Phalen é solicitado ao paciente que mantenha seus punhos em flexão completa e forçada (empurrando as superfícies dorsais de ambas mãos juntas) por 30-60 segundos. Essa manobra aumenta moderadamente a pressão no túnel do carpo e possui o efeito de prensar o nervo mediano entre a borda proximal do ligamento transverso do carpo e a borda anterior da porção distal do rádio. Ao comprimir o nervo meridiano no interior do túnel do carpo, sintomas característicos (como queimação, pontada ou formigamento no polegar, indicador, dedo médio e dedo anelar) são considerados sinais positivos e sugerem uma síndrome do túnel do carpo. Já o teste de Tinel consiste em percussão sobre o nervo para desencadear uma sensação de formigamento na distribuição dos nervos.

Em alguns casos é indicada a eletroneuromiografia, exame que mede a velocidade de condução elétrica dos nervos através de pequenas ondas elétricas emitidas por agulhas.

Tratamento

O tratamento para a síndrome do túnel do carpo, assim como o diagnóstico, deve ser feito por um especialista, e é indicado que se inicie assim que surgem os primeiros sintomas, formigamento, dormência, dores nas mãos. O tratamento varia de acordo com o grau da condição. Se for leve, é indicado o descanso do punho associado ao uso de uma tala para imobilizar e gelo no local. A aplicação de anti-inflamatórios como cortisona no local pode ajudar na melhora. Em casos mais graves onde nenhum desses tratamentos tenha efeito positivo, é indicada a cirurgia, que visa a descompressão do túnel e liberação do nervo mediano através de um corte do ligamento carpal transverso, que pode ser feito por via endoscópica ou por cirurgia tradicional.

Se você tem sinais e sintomas sugestivos de síndrome do túnel do carpo persistentes, especialmente se eles interferem em suas atividades normais e nos padrões de sono, consulte um especialista. Sem o tratamento ideal, a síndrome do túnel do carpo pode causar dano permanente ao nervo e outras lesões musculares.

 

Tags: , , , , ,

Adicione seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp chat